Evento reúne homenageados do segundo ciclo do Programa Amigo do Peito

Nessa edição do evento de reconhecimento de SMS, foram 22 contratos participantes. Cada colaborador que foi destaque nesse ciclo do programa recebeu um certificado de reconhecimento de sua empresa.

O segundo ciclo do Programa Amigo do Peito na UO-Seal reuniu, no dia 26 de setembro, profissionais de empresas prestadoras de serviço para uma tarde de homenagens. No auditório lotado, cada colaborador que foi destaque nesse ciclo do programa recebeu um certificado de reconhecimento de sua empresa. Por sua vez, a Petrobras entregou para a empresa uma carta de reconhecimento. No total, 22 contratos participaram dessa edição.

participação Programa Amigo do Peito

O gerente geral da UO-Seal, Paulo Marinho, abriu a programação do evento. “De fato, é um prazer enorme tê-los aqui e perceber, a cada passo que a gente dá, a expansão desse programa que se tornou corporativo e que teve sua semente mais vívida plantada aqui na UO-Seal”, disse ao lembrar que o programa começou com duas empresas e acaba de completar um ano na unidade. “Muito mais que ter a felicidade de ver este auditório cheio é perceber que, na área operacional, a nossa força de trabalho está imbuída e participando ativamente desse programa”, afirmou ao agradecer o empenho de todos.

O Momento de Segurança foi feito pelo técnico de Segurança Nicácio Araújo, da empresa Aspil. Em seguida, a técnica de segurança Fernanda Lima da Silva, apresentou um panorama do Programa Amigo do Peito, que tem como premissa a valorização do compromisso com a vida por meio da transformação da força de trabalho e liderança em agentes de segurança; do reconhecimento de condutas seguras; do despertar para o sentimento de solidariedade da força de trabalho, visando o “cuidar do outro” e se deixar cuidar; e, consequentemente, reduzir as taxas de acidentes. Nesse segundo ciclo foram mais de 515 DSMS realizados, que reuniram mais de 1440 profissionais e contou com mais 1100 relatos registrados.

participação Programa Amigo do Peito

Programa que salva vidas

A programação contou ainda com um momento de muita descontração. Os profissionais das empresas PASBrasil e Hoest, respectivamente, Everton Gomes Veloso, Danilo Santos de Sousa e Rogério Rocha Conceição Leite apresentaram, ao vivo, uma música enquanto eram exibidas imagens de DSMS realizados durante o programa.

O programa tem sido bem avaliado pelos participantes. “Houve uma proposta do pessoal da Conterp para que a gente fosse amigo de todos. Todos que acessassem a estação nós deveríamos orientar, aconselhar, assim como um amigo faz. Então, lá a gente tem vários amigos. Queria parabenizar quem criou este programa que está salvando vidas”, avaliou Jurnitil Nunes Silva, da empresa Conterp.

participação Programa Amigo do Peito

Participaram desse ciclo as empresas Aspil, Buster, CM Construções, Conterp, Cozivip, EQS Engenharia, Forship Engenharia S/A, G&E Manutenção e Serviços Ltda, IMC Saste, Jomaga, Norteng Engenharia Ltda, PasBrasil, Perbras, Saraiva, Service Engenharia, SGS – Alagoas, TWM, Varco, WN Serviços e Empreendimentos, LSI/Manserv, PPL Manutenção e Serviços e L.A. Falcão Bauer Centro.

participação Programa Amigo do Peito

Mês especial

Ao encerrar o evento, o gerente geral destacou marcos importantes deste mês de setembro para a Petrobras e para a unidade: 10 anos de produção no pré-sal; 50 anos da produção em mar no Brasil, no campo de Guaricema, em Sergipe; e 10 anos do acidente registrado na Estação de Furado, em Alagoas.“Esse último foi um acidente muito crítico para a UO-Seal, quando quatro colegas nossos perderam a vida. Esse acidente marcou uma evolução muito significativa, que foi a implantação de um manual de segurança dentro do E&P”, explicou ao citar algumas melhorias em SMS ao longo dos anos.

“Todos nós que estamos aqui percebemos que a cultura de segurança dentro da companhia e da indústria como um todo, não somente a de petróleo, evolui. Nós todos aqui somos provas disso. Parabenizo, mais uma vez, todos os empregados que aqui foram homenageados e pelo reconhecimento às empresas pelo bom trabalho que vocês vêm desenvolvendo em termos de segurança, olhando para si e olhando para o colega”, finalizou Paulo Marinho.

Publicação: Portal Petrobras